Vendas no celular: o e-mail marketing que dá certo nos aparelhos móveis

Uma pesquisa da Return Path revelou que, com taxa de abertura de 36%, os e-mails lidos em dispositivos móveis têm duas vezes mais conversões do que search ou mídias sociais, e o valor médio das compras é maior em telefones celulares e tablets.

Ou seja, a soma desses dois fatores faz com que os aparelhos móveis sejam os grandes impulsionadores para vendas via e-mail marketing. Mas, atenção, é preciso estar atento a dois pontos: personalização e layout responsivo.

 

Como você vê o momento das empresas nos investimentos para tecnologia móvel no Brasil?

No mundo inteiro há uma tendência consistente em preparar sites e mensagens para acessos em movimento. No Brasil, no entanto, ainda estamos caminhando nos investimentos para o canal móvel. Por isso, quem pensar no mobile agora está saindo na frente.

O que pensa sobre layout responsivo? Por que ele se torna importante no mercado nacional?

Para empresas que desejam atender as demandas da Classe C, que representa aproximadamente 54% da nossa população, o mais indicado é oferecer uma ótima experiência às pessoas que estão em movimento, considerando o tamanho pequeno das telas. O layout responsivo é capaz disso.

Essa tecnologia é palavra de ordem, adaptável a qualquer tela, e a mensagem eletrônica proporciona ao usuário a possibilidade de transferir canais ou a facilidade de realizar uma compra ao mesmo tempo em que acessas os e-mails e se locomove.

Qual o perfil do novo consumidor e o que ele busca?

Ao personalizar o envio e customizar os assuntos e categorias das campanhas, cria-se uma relação de proximidade com o cliente. Saber atuar em um relacionamento mais aprofundado é fundamental. O sucesso de muitos varejistas está em encontrar um bom termômetro nesse quesito. Personalizar é preciso, engajamento e relevância são extremamente importantes, e o e-mail marketing é a ferramenta mais adequada a esses padrões.

Como a união da personalização e do layout responsivo podem funcionar?

Eles devem atuar em todos os momentos das campanhas de e-mail marketing. Uma forma interessante são os triggered e-mails, mensagens pré-programadas e enviadas automaticamente para consumidores que abandonaram os carrinhos de compra, por exemplo. Muitas vezes o usuário montou o carrinho e não teve tempo de concluir o processo. Então, ao receber tudo já pronto no e-mail, com layout para o mobile, aumenta sua chance de conseguir converter a compra, além de oferecer uma boa experiência ao cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *