Saiba como tornar a User Experience do site institucional mais atrativa

A User Experience (UX) está diretamente relacionada ao modo como qualquer usuário interage com o ambiente ao seu redor. O termo é bastante amplo, e pode ser aplicado à marcas, produtos, sistemas e serviços, e vai muito além do design do produto ou do seu desenvolvimento.

De uma maneira geral, pode-se dizer que a UX é um método para analisar e compreender a receptividade e interação de usuários com produtos, serviços e elementos de páginas na internet.

A UX é pensada com o foco nas etapas que os clientes percorrem junto à marca, desde o primeiro encontro até a relação pós venda. Desta forma, quanto melhor for a experiência do cliente, mais satisfeito ele ficará, tornando a fidelização mais provável. 

Para isso, a experiência deve ser intuitiva, suave, agradável, despertando também sentimentos e emoções, independente de acontecer pela internet ou em pontos de venda.

Contudo, é fundamental que os empreendedores de negócios online invistam para que os sites das empresas atentem-se aos critérios da UX. 

Entretanto, trata-se de um fator determinante para qualquer empreendimento que possua um site institucional. Contribuindo para melhorar a experiência dos clientes em potencial é possível aumentar as probabilidades de vendas.

Por que a User Experience é tão importante?

O foco do UX é colocar a perspectiva do usuário ou consumidor em primeiro lugar para a elaboração de um produto, serviço ou página na internet.

Por meio da compreensão da jornada ou experiência de usabilidade do usuário, visitante ou consumidor, a marca pode se adaptar melhor às suas expectativas, o que pode ser um fator chave para o sucesso.

Ao se preocupar em entender a experiência do usuário, o profissional ou empresa aumenta as chances de entregar um fluxo de consumo otimizado, conquistando mais clientes. Isso ocorre porque quando as pessoas se sentem encantadas por algo, são incentivadas a continuar consumindo, ou até mesmo experimentar pela primeira vez.

A UX pode ser aplicada a produtos de diversas naturezas, como uma abraçadeira bipartida, por exemplo, que é uma peça industrial. Também pode guiar o atendimento em serviços, sites, aplicativos, dispositivos ou qualquer outro objeto de consumo. 

O papel da UX é fazer com que os usuário se sintam bem durante toda a experiência, o que muitas vezes o levará a fidelização, principalmente quando o método é aplicado de maneira eficiente.

No caso dos sites institucionais das empresas, independente do setor de atuação, é fundamental que o usuário encontre as informações que procura. Ele também precisa se identificar com o design, não passar muito tempo esperando o carregamento da página, entre outros aspectos determinantes para a satisfação com relação a um site na internet.

5 vantagens do User Experience

De uma maneira geral, o UX visa encantar os usuários, e deixá-los mais felizes com uma experiência. A satisfação pode resultar em 5 grandes benefícios para as empresas de diversos segmentos. São eles:

  1. Aumento da conversão em vendas;
  2. Fidelização dos usuários e clientes;
  3. Economia de recursos e de tempo;
  4. Aumento da percepção de valor do produto;
  5. Mais indicações e recomendações de clientes.

1. Aumento da conversão em vendas

Quando um usuário de e-commerce de peças para maquinários, como lâmina para trator, por exemplo, se sente satisfeito com o acesso ao site, são maiores as chances de o relacionamento com a empresa resultar em compra. Para isso, é preciso que a navegação no site seja fácil e intuitiva, assim como os mecanismos de efetivação de compra, o que pode representar um grande diferencial.

2. Fidelização dos usuários e clientes

A fidelização é um dos resultados quando os clientes ou usuários se sentem completamente satisfeitos e à vontade com o serviço que foi oferecido, seja ele um site com Marketing de Conteúdo ou o produto em si. Nesses casos, é comum até que essas pessoas não voltem a buscar outras fontes de informação, sobre outros produtos ou marcas.

3. Economia de recursos

A aplicação da UX em páginas da internet ou na experiência de compra é feita à partir de estudos e análises, o que pode contribuir para melhorias nos processos. A dedicação evita o replanejamento, o que também pode levar à economia de tempo de todos os profissionais envolvidos.

4. Aumento da percepção de valor do produto

Quando um site especializado na venda de prancha reboque asa delta, por exemplo, oferece informações relevantes e de qualidade, a compra é intuitiva e o produto apresenta diversas funcionalidades, é possível que os clientes alterem a sua percepção sobre o valor. Em outras palavras, boas experiências agregam a sensação de aumento do valor dos produtos.

5. Mais indicações e recomendações

A satisfação de um cliente aumenta as chances de ele recomendar a empresa para outras pessoas, seja devido à satisfação com a navegação do site, devido à facilidade do processo de compra, ou à experiência positiva de utilizar um produto. 

Assim, o usuário pode se tornar um defensor de uma distribuidora de produtos hospitalares, por exemplo, ressaltando benefícios tanto no meio online, pelas redes sociais, quanto offline, entre familiares e amigos.

Qual é a relação entre User Experience e User Interface?

A UX é definida como a experiência do usuário, de uma maneira geral, com um site, produto ou serviço, incluindo emoções e sensações relacionadas à aquisição.

Já a User Interface (UI) é compreendida como uma espécie de seção da UX, porque está mais focada na organização dos elementos que compõe a experiência recebida pelo usuário ou consumidor.

Para citar um exemplo, pode-se pensar em uma carroceria de alumínio, em que a UI seria entendida como a usabilidade do equipamento. Estaria relacionada, portanto, à forma como o usuário se sente com relação ao seu custo-benefício ou se o utensílio satisfaz todas as necessidades básicas do consumidor.

Já a UI estaria relacionada à experiência com relação ao design da carroceria, seu tamanho, material, formato e características, que também interferem na experiência do consumidor.

No caso de um site de uma empresa de demolição, por exemplo, UX estaria relacionada à facilidade de utilizar o endereço, enquanto que UI estaria diretamente ligada ao planejamento do site, seus elementos visuais e como eles afetam a experiência dos consumidores ou usuários.

Portanto, pode-se dizer que UX e UI se complementam. De uma maneira geral, até mesmo os profissionais de ambas as áreas operam em sintonia, já que a experiência do usuário é uma questão complexa, que envolve interface e experiência ao mesmo tempo.

Como aplicar User Experience e User Interface no site da empresa?

O planejamento de um site ou página na internet envolve a aplicação de elementos de UX e de UI. Ao criar um site, é possível garantir uma boa experiência aos usuários por meio de:

  1. Arquitetura da informação na página;
  2. Presença de menus intuitivos;
  3. Composição de cores e linhas;
  4. Fluxo de compra agilizado.

1. Arquitetura da informação na página

A arquitetura da informação é a apresentação do conteúdo de uma página, que deve ser feita com o máximo de harmonização entre os blocos que compõe os elementos. Dentre eles estão textos, imagens, vídeos, botões, informações com diferentes estilos de fontes, cores e o próprio layout do site. É primordial que os elementos estejam bem organizados, coerentes entre si e sejam intuitivos.

2. Presença de menus intuitivos

Os menus funcionam como blocos suspensos, com textos e outras opções rápidas para guiar os visitantes no site. Os menus precisam ser objetivos, capazes de conduzir os usuários exatamente onde se propõe. Para isso, os links devem ser organizados em páginas: informativas, de conteúdo, de produtos, carrinho, entrega, perguntas frequentes e contato.

3. Composição de cores e linhas

A identidade visual é o que fará um visitante compreender a proposta e consumir as informações dos sites de empresas de tratamento de efluentes, por exemplo. Isso ocorre por meio da influência dos elementos gráficos e visuais, que devem ser equilibrados e sem exageros. 

Dentre eles é possível citar linhas, cores, textos e imagens, que devem ser escolhidas com um propósito, de acordo com o segmento de atuação da empresa.

4. Fluxo de compra agilizado

O ideal é que um site de aluguel de cama hospitalar, para exemplificar, seja planejado tendo em mente a jornada de compra do cliente desde as etapas iniciais. A aplicação de UX e UI visa tornar o processo mais curto e intuitivo possível, facilitando o fechamento das compras. Isso pode ser feito com botões que levem direto ao carrinho de compras, por exemplo.

É preciso se colocar no lugar do usuário que entrará no site ou que conhecerá o produto, pois pode ser bastante vantajoso para os negócios fazer melhorias com UX e UI. Desta forma, as empresas podem alcançar maior rentabilidade e notoriedade no mercado, beneficiando principalmente os seus consumidores ou visitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *