Por que ninguém presta atenção no seu marketing?

Atualmente, a competição das marcas por atrair a atenção do consumidor, em muitos casos, chega a ser chato e invasivo. Por exemplo, você chega para trabalhar e encontra 500 e-mails de marketing totalmente desinteressantes na sua caixa de entrada. Ou vai assistir um vídeo no YouTube e não vê a hora de aparecer a opção de “pular anúncio”.

As propagandas estão em todos os lugares (e-mail, Facebook, Instagram, YouTube, Spotify) porque elas fazem parte das estratégias de marketing empresarial, seja inbound, outbound, tradicional ou digital.

Se você não quer que as pessoas ignorem os seus anúncios, precisa compreender os motivos pelas quais elas não se interessam por eles.  Vamos ver alguns motivos? Confira!

O seu conteúdo não é interessante

Imagine que Ana Paula navegou pelo seu site buscando conhecer mais sobre a decoração de ambientes pequenos e resolveu assinar a sua newsletter. No mesmo instante, a sua empresa investiu na contratação de novos funcionários qualificados para melhor atender o seu cliente.

Então, considerando que essa é uma notícia legal, você envia uma news para a sua lista de contatos com o título “conheça as nossas contratações”. Certamente, as chances da Ana Paula abrir a sua mensagem são muito pequenas, porque esse conteúdo é importante para a sua empresa, mas não é interessante para a sua persona, você concorda?

Você não estuda o seu público

Se você não fizer o mapeamento da sua persona (personagem semifictícia que representa o comprador ideal) você não saberá quais são os conteúdos que mais são interessantes para ela. Ao estudar o seu público você identifica:

  • As redes sociais que participam;
  • O comportamento na web;
  • Os seus problemas, os desafios e os sonhos;
  • Os seus objetivos de vida;
  • Os tipos de conteúdo que são interessantes;
  • A frequência de leitura.

Assim, você só terá taxas de conversões positivas se investir no conteúdo certo para a pessoa certa no momento certo.

Você quer participar de todas as redes sociais ao mesmo tempo

Para a sua empresa ser referência você não precisa estar em todas as redes sociais ao mesmo tempo.

Escolher as principais mídias que a sua persona participa é fundamental para criar um calendário editorial de postagens interessantes e que despertem a curiosidade do leitor.

A sua marca é chata!

Algumas empresas saturam os usuários com um bombardeio de publicidade. Isso faz com que os consumidores se sintam extremamente cansados das suas propagandas, fazendo com que não queiram prestar a atenção no que você tem para falar (mesmo que você tenha um material útil).

Assim, faz com que as pessoas cansem da sua marca devido à periodicidade dos conteúdos: receber três e-mails da sua empresa no mesmo dia, não é interessante, você concorda?

Tornar o seu marketing um “chato” é bem fácil e trará resultados desastrosos para a sua empresa. Por isso, é importante tomar muito cuidado e prestar muita atenção nos mínimos detalhes.

Você não investe na qualificação dos leads

Um constante erro das empresas é não saber gerenciar os seus contatos, não qualificando os seus leads. Se você não souber qual tipo de conteúdo enviar para determinadas pessoas, elas vão continuar não prestando a atenção no seu marketing.

O seu empreendimento abusa da boa vontade das pessoas

Caso você envie milhões de posts para o seu mailing (mesmo que um usuário tenha se mostrado interessado no seu conteúdo) as pessoas começarão a deletar imediatamente os seus e-mails e se descadastrar do seu banco de dados.

Lembre-se de que não é importante avaliar somente o valor da mensagem que está sendo enviada, mas também a frequência. É possível ver a queda do engajamento e das taxas de abertura devido ao número excessivo de e-mails enviados.

A sua empresa não investe em fluxo de nutrição

De nada vai adiantar ter um conteúdo de qualidade se ele não fizer parte de uma estratégia de fluxo de nutrição. Por exemplo, uma pessoa baixou um material interessante no seu blog: se você não mapear um calendário de e-mails para ser enviados estrategicamente, o seu lead jamais se transformará em um cliente.

Você não utiliza CTA

O call to action (CTA) é uma chamada para oferecer uma proposta de valor da sua oferta, tais como: entrar em contato com a empresa, seguir nas redes sociais, baixar um e-book ou direcionar o usuário para ler outro artigo do blog.

Dessa maneira, o CTA precisa fazer total sentido com o contexto da sua matéria, respeitando todas as etapas do funil de vendas — anúncios e ofertas que não têm relação com o conteúdo são desconexos e causam a impressão de ser uma fonte não confiável.

Conhecer os principais motivos pelas quais as pessoas não prestam a atenção no seu marketing é importante para criar estratégias de melhorias constantes, evitando cometer erros que afastem os seus clientes.

Aqui na Piattino, verificamos diariamente as nossas métricas para transformá-las em estratégias de conversões de vendas. E na sua empresa, como vocês estão se portando? Precisa de uma ajudinha? Entre em contato conosco para saber mais sobre como podemos ajuda-lo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *