Conheça as vantagens de utilizar o Facebook Ads

O Facebook Ads tornou-se um aliado estratégico na hora de realizar divulgações para expandir a audiência de empresas e negócios. 

Essa ferramenta consiste em anúncios veiculados dentro da plataforma do Facebook, sendo um sistema de mídia paga que oferece uma grande variedade de formatos de propagandas.

E, graças à diversidade de opções, é possível segmentar o público de acordo com as preferências dos anunciantes, gerando, assim, um maior número de visualizações e conversões.

Por que o Facebook Ads é tão importante nos dias atuais?

Ora, muito disso se deve à própria plataforma do Facebook. Com mais de 2 milhões de usuários em todo o mundo, incluindo 115 milhões de brasileiros, o Facebook é considerada a maior e mais popular rede social. 

Do total de usuários no Brasil, 67% deles acessam diariamente o Facebook por meio de dispositivos móveis. A partir daí, já dá pra imaginar as inúmeras possibilidades de divulgação para negócios.

Nesse sentido, grande parte das estratégias realizadas em Marketing Digital envolvem o uso do Facebook Ads. 

Contudo, é preciso levar em consideração que, com o crescente número de usuários e a grande quantidade de conteúdo veiculado na plataforma todos os dias, está cada vez mais difícil se destacar. 

São muitas empresas que disputam a atenção do público e, por esse motivo, é fundamental elaborar um plano diferenciado.

As vantagens de usar o Facebook Ads

Fora a possibilidade de atingir vários usuários, devido à popularidade da plataforma, o Facebook Ads também oferece muitos outros benefícios para as empresas que investem na estratégia. Entre os principais pontos positivos, destaca-se a segmentação de qualidade.

Quer dizer que o Facebook Ads consegue direcionar seus anúncios para um público específico, o que aumenta as chances de conversão. 

Por exemplo, ao divulgar uma chapa recalcada, é possível segmentar o público em usuários que já tenham buscado pelo equipamento (uso de palavras-chave) ou por região e, até mesmo, criar um perfil médio dos principais clientes.

Outro aspecto interessante diz respeito ao banco de dados da plataforma. O Facebook Ads pode obter informações acerca dos seus usuários, dessa forma, é possível saber quais os assuntos são mais interessantes para um determinado público. 

As segmentações também variam quanto à faixa etária, estado civil, nível educacional, entre outros.

O Facebook Ads também é um meio de divulgação acessível, principalmente, para empresas que possuem um valor relativamente baixo de investimento em marketing. 

Com ele, é possível criar anúncios por um valor acessível e aumentar o número de visitantes, dependendo da estratégia adotada.

Assim, ao patrocinar um anúncio de locação de rolo compactador, o anunciante tem um gasto pequeno, em comparação com o retorno gerado (aumento no tráfego do site, de visitantes, curtidas na página, interação com usuários e outras funções).

Nesse mesmo sentido, a atração do Facebook Ads também não se limita aos potenciais clientes, mas pode alcançar novos nichos de mercado. 

Com isso, a probabilidade de atingir um usuário que está precisando de algum produto ou serviço, mas ainda não tem conhecimento sobre a demanda, é muito maior.

Por exemplo, imagine que em um escritório as cortinas não são eficientes para bloquear a luz solar. 

O anunciante pode fazer a divulgação de uma cortina de PVC em tiras, patrocinar a publicação e, assim, ter a probabilidade de oferecer o produto ao escritório, mesmo que o usuário não tenha procurado a mercadoria.

Outra característica importante do Facebook Ads é a diversificação de formatos. Conforme salientamos anteriormente, a plataforma permite mesclar conteúdos e vários modelos de anúncios.

Desta forma, a experiência do usuário é ampliada e a ferramenta pode atingir ainda mais pessoas, com campanhas para consumidores com comportamentos distintos.

O anunciante pode criar uma divulgação completa de preços especiais do aluguel de empilhadeira, por exemplo, ao invés de utilizar somente uma imagem, é possível elaborar campanhas para contato direto com a empresa.

Isso torna o anúncio muito mais eficiente, com boas taxas de conversão, além de maior engajamento dos usuários.

Finalmente, o Facebook Ads permite ao anunciante ter um feedback dos usuários da divulgação. A plataforma oferece dados sobre a audiência de cada anúncio em tempo real, com relatórios de fácil compreensão e interpretação.

Assim, pode-se mensurar o desempenho da campanha, verificando quais estratégias estão dando certo ou não.

Por exemplo, ao anunciar o aluguel de paleteira, tem-se gráficos que mostram o percentual de homens e mulheres que se interessaram pelo assunto, bem como a faixa etária, localização e principais interesses.

Ou seja, o Facebook Ads ajuda a montar um perfil médio dos principais usuários, para orientar novas campanhas de divulgação. Além disso, a ferramenta permite integrar a divulgação com outras mídias e redes sociais. 

Quer dizer que, ao patrocinar um anúncio, ele pode aparecer em outros locais, aumentando as chances de visualização e conversão. 

Sendo os principais lugares onde os anúncios são exibidos: 

  • No próprio Facebook;
  • No Instagram;
  • No Messenger (anúncio direcionado);
  • Nos sites parceiros do anunciante.

Dessa maneira, o Facebook Ads permite criar campanhas personalizadas para as principais redes sociais, orientando os usuários a acessarem o seu conteúdo e, como consequência, aumentar o número de visitantes. 

Vale destacar que quanto maior é o número de usuários que têm contato com o seu anúncio, maiores são as taxas de conversão em leads, isto é, em potenciais clientes para a empresa.

Os tipos de anúncios no Ads também se diferenciam. Eles estão concentrados em objetivos que incluem:

  • Reconhecimento da marca (campanha de branding);
  • Alcance (aumentar o número de visitantes);
  • Tráfego (aumentar o número de visitantes em páginas externas);
  • Envolvimento (aumentar o número de interações dos usuários).

O último item é usado, especialmente, por empresas que desejam aumentar o número de curtidas na página do Facebook ou em postagens, bem como os comentários e compartilhamentos. 

Entretanto, para que a estratégia tenha efeito, é necessário abusar da criatividade e não esquecer de diversificar os formatos.

Ademais, o Facebook Ads permite a criação de posts com opções diretas de “Curtidas na Página”. O objetivo desses anúncios é muito claro: promover o reconhecimento da empresa. 

Nesse formato, é possível adicionar imagens e uma breve descrição da página; o Facebook Ads cria automaticamente um botão “Curtir Página”, para orientar os usuários e promover curtidas.

Vale ressaltar que, quanto mais curtidas, maior é o alcance da página do Facebook e, consequentemente, maior é o número de visualizações e autoridade da empresa no mundo digital.

Termos importantes do Facebook Ads

Atualmente, toda e qualquer empresa pode usar o Facebook Ads, desde pequenos negócios de dedetização preço acessível, até grandes multinacionais. 

Ter um perfil comercial na rede é a forma mais eficiente de se fazer presente no mundo digital e, consequentemente, atrair potenciais clientes que interagem com a plataforma.

Mas, para começar a usar o Facebook Ads, é necessário conhecer alguns termos próprios da mídia, que são relevantes no momento de criação de conteúdo, incluindo:

  • Pixel de conversão;
  • Feed de notícias;
  • Post não publicado;
  • ROAS (Return Over Ad Spend).

Pixel de conversão

O pixel de conversão consiste em uma linha de códigos de programação, que permitem que o anunciante acompanhe como está a eficácia das propagandas veiculadas fora do Facebook.

Ou seja, dentro de outras páginas da web (como blogs, sites, instagram e mídias vinculadas ao Facebook Ads).

Feed de notícias

É um dos termos mais utilizados nas redes sociais. O feed de notícias consiste na página do Facebook em que se concentra toda a experiência do usuário, onde ele navega pela rede e os conteúdos. 

A palavra “feed” também é usada para outras mídias, incluindo o Instagram e o Twitter.

Post não publicado

A palavra “post” refere-se a toda postagem, isto é, conteúdo produzido para aparecer no feed de notícias.

Ele inclui informações noticiosas e anúncios de todos os gêneros, como divulgações para comprar caixa de papelão personalizada, um novo método de emagrecimento, ou uma notícia de um veículo de mídia.

No entanto, o Facebook Ads possui um direcionamento específico de público e, portanto, nem sempre a postagem aparece na timeline da página. 

Ou seja, uma empresa pode criar um anúncio sobre embalagem blister, mas sem publicar na própria página do negócio. 

Mas, com o Facebook Ads, o anúncio é exibido diretamente no feed de notícias, semelhante a uma postagem.

ROAS (Return Over Ad Spend)

O ROAS é traduzido para português como “Retorno Sobre o Gasto em Ad”. Quer dizer que ele é equiparado a um ROI (Retorno sobre Investimento), mas voltado para as campanhas do Facebook ads.

Com o ROAS, é possível mensurar a efetividade do anúncio e, assim, calcular a receita gerada, por dólar investido na campanha.

É uma boa maneira de saber se a estratégia de anúncio tem sido efetiva e com boas conversões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *