Conheça o Agile Marketing o marketing focado em pessoas

Trabalhar com marketing digital pode parecer uma tarefa fácil. Porém, existe muita demanda para uma pessoa com esses conhecimentos. Quando falamos em marketing digital, estamos falando diretamente de marketing de conteúdo, e-mail marketing, SEO, entre outras várias ferramentas que estão ligadas na geração de leads, ou seja, de consumidores potenciais de uma empresa. Em uma área que envolve a vasta conciliação de processos, surge a necessidade da inserção do Agile Marketing. 

Quando falamos de agile, podemos pensar  em uma estratégia não tão atual quanto o próprio marketing digital, mas que pode muito bem, potencializar seus resultados. Sua origem data da década de 1980 e 1990 quando se iniciou a análise de métodos ágeis que foram utilizados como uma nova forma de pensar durante a criação de softwares. Estes, por sua vez, priorizam a interação de equipes e tem como prioridade o consumidor.

Com o crescimento da indústria de software, nesta época, foi possível ver métodos como Scrum e Framework serem adaptados para um uso mais ágil. Isso começou a ser mais usado a partir de 2001, quando começaram a realmente desenvolver essa ferramenta para a gestão de projetos. Nesse sentido, o agile marketing consiste em pegar um problema e dividi-lo em menores partes para que seja feita em ciclos. Assim, cada vez que um ciclo é encerrado, possível entregar uma parte do projeto, fazendo com que essa estratégia se torne algo funcional e flexível para ser usado em várias ocasiões. Com isso, pode-se afirmar que, basicamente, o agile marketing é um equilíbrio encontrado entre ter uma flexibilidade de manejamento de projetos e um bom planejamento. Nesse aspecto, empresas dos mais variados setores podem se beneficiar com o agile, de empresas de energia solar a fabricantes de máquina de jogos, as possibilidades de otimização das estratégias desenvolvidas são altas e de fácil adaptação. Ao longo das exemplificações, encontraremos cenários corporativos diversos de empresas que poderiam implementar o agile marketing em suas rotinas.

Quais são os princípios do agile marketing

Tendo em mente o conceito de agile marketing, pode-se abordar quais são os princípios que regem o funcionamento dessa estratégia: a colaboração dos clientes é mais importante do que a negociação de contratos; a resposta em relação às mudanças é mais eficaz do que seguir um plano; os indivíduos e as suas respectivas interações possuem uma importância maior do que as ferramentas e os processos. Nesse último caso, pode-se ter como exemplo uma empresa de assessoria ambiental, a qual precisa priorizar as ligações desenvolvidas por pessoas, considerando que se trata de uma empresa prestadora de serviços; as estratégias adotadas e que funcionam têm uma relevância maior do que uma documentação ampla, como relatórios e textos longos. Além desses princípios, existem outros doze de igual importância:

As mudanças dos requisitos são comuns

Apesar de planos serem muito importantes, é preciso entender que novas dinâmicas podem surgir, exigindo que mudanças sejam feitas. Por isso, é necessário trabalhar para alcançar as novas necessidades que aparecem, visto que, caso contrário, um trabalho pode acabar perdendo o seu rumo.

A motivação das equipes equivale a maiores rendimentos

A qualidade e a produtividade de um trabalho sofrem grandes impactos com a motivação de uma equipe, interferindo nos resultados que precisam ser alcançados. É por essa razão que todos os colaboradores envolvidos em um projeto precisam se manter motivados. Isso pode acontecer por meio da criação de um ambiente propício para os relacionamentos internos e o desenvolvimento pessoal. Nesse contexto, podemos imaginar um espaço de interação entre os colaboradores, onde estes podem sugerir ideias, discutir planos em conjunto, entre outras ações.

As estratégias mais funcionais são melhores que planos complexos

Uma estratégia funcional corresponde àquela que é capaz de ser aplicada de maneira prática e gerando resultados. Outra característica é que as ações funcionais não precisam do planejamento detalhado de todas as partes do projeto.

Qualidade do serviço é capaz de melhorar a agilidade

A excelência dos trabalhos é de suma importância, já que serviços feitos de má qualidade possuem mais chances de precisarem ser refeitos. Isso torna os projetos menos ágeis e, portanto, menos eficientes.

Times que se organizam sozinhos geram melhores resultados

Quando um time se organiza sozinho, é possível elaborar estratégias melhores e mais adequadas de acordo com as demandas necessárias. Isso decorre do fato de que esses times conseguem definir suas prioridades por conta própria, levando em consideração os conhecimentos dos seus próprios trabalhos.

A satisfação do cliente é a prioridade

Satisfazer o cliente é o objetivo de todo e qualquer projeto. É por essa razão que o processo de entrega de um produto não acaba após a compra, abrangendo, também, o pós-venda. Tomando como exemplo, uma clínica popular Campinas, esta pode fazer uso de questionários ou de consultas para a checagem da situação de pacientes que passaram por certos tratamentos.

É necessário sempre entregar valores financeiros

Atingir o lucro é visto como o objetivo final das empresas. É por essa razão que elas precisam investir na produção de conteúdos relevantes, já que eles são responsáveis por guiar uma pessoa desconhecida até o momento em que ela decide realizar uma compra.

A união de competências é muito importante

A ação mais indicada dentro de empresas é unir as melhores competências de cada profissional. Assim, torna-se possível juntar as habilidades de cada pessoa para a realização de um trabalho de qualidade que conquiste os clientes.

A comunicação interna precisa ser eficiente

Todavia, a integração das habilidades dos funcionários não será eficiente caso a comunicação estabelecida entre as partes não for aberta e clara durante o tempo inteiro. Por isso, pode-se estimular a comunicação através de um software único ou até mesmo pelo contato cara-a-cara, o qual pode ser possível com a eliminação das barreiras físicas entre os colaboradores. Para exemplificar, podem existir empresas de caldeiraria em SP que tomam atitudes como desenvolver escritórios sem divisórias entre as áreas de trabalho dos funcionários. Esse tipo de ação facilita demasiadamente a comunicação entre os trabalhadores de um mesmo setor.

Processos com agilidade são mais fáceis de se sustentar

Processos feitos de uma maneira lenta podem desbancar a produtividade de uma empresa, tornando o trabalho massivo e difícil de se manter. Por outro lado, atividades desenvolvidas de uma forma efetiva e rápida levam os funcionários a se adequarem ao ritmo de trabalho com o passar do tempo. Isso torna a manutenção do serviço feito mais fácil. Nesse sentido, pode-se apostar em sistemas de automação residencial ou industrial, tendo em vista que eles podem automatizar atividades específicas, poupando esforços físicos e monetários.

Ações simples evitam desperdícios

Complicar demais ações simples como conversas, planejamentos e táticas é capaz de gerar perdas de dinheiro, tempo ou de energia. É por esse motivo que tudo que pode ser simplificado deve ser simplificado. Assim, limita-se o trabalho apenas para o que é mais importante.

Não existe melhoria se não houver avaliação do desempenho

No final das contas, todo o serviço feito precisa passar por uma avaliação de desempenho. Trata-se de uma parte importante do planejamento de uma empresa pois, sem a mensuração do verdadeiro potencial do trabalho das equipes, boa parte das estratégias tendem a dar errado. No caso de uma loja de jardinagem, é possível analisar quanto que o estabelecimento passou a faturar após a elaboração de um site onde são postados conteúdos e dicas a respeito de jardinagem.

A importância da produção de conteúdo para o agile marketing

Dentre todas as ações relacionadas ao marketing capazes de trazer um retorno interessante para a empresa, destaca-se o marketing de conteúdo. Resumindo, um conjunto de estratégias que visa a  produção de conteúdos relevantes para os clientes. Isso os leva a criar uma imagem positiva a respeito da empresa produtora dos conteúdos. Por exemplo, uma empresa de instalação de sprinklers pode criar um site oficial para postar conteúdos mais técnicos relacionados aos serviços oferecidos pela empresa. Estes, por sua vez, irão chamar a atenção de pessoas que procuram tirar dúvidas sobre esse procedimento. Assim, os conteúdos podem angariar leads para a empresa. Entretanto, o marketing de conteúdo, para ser bem efetivo, precisar seguir a certos aspectos:

  • Satisfação do seu público-alvo com o conteúdo
  • Adaptação às mudanças do mercado e dos gostos do público
  • Investimento na colaboração dos funcionários para os conteúdos
  • Regularidade das postagens
  • Interação com as pessoas consumidoras dos conteúdos
  • Utilização de métricas para avaliação de desempenho

Tomando em consideração as informações abordadas no texto, com empresas de vários segmentos, compreendemos que o agile marketing é uma importante ferramenta da atualidade capaz de oferecer resultados estratégicos em um período de tempo relativamente curto. Com isso, a produtividade de uma empresa pode receber grandes acréscimos sem exigir a contratação de novos funcionários.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *