Como as Startups alavancam os seus resultados?

sales-automation-startups

O mercado de SaaS é um dos que possibilita maior possibilidade de escalar de verdade as receitas. São necessários poucos funcionários para a operação e a quantidade de clientes tem que aumentar em uma proporção absurda para ser necessário contratar mais, dependendo do serviço oferecido. Assim, ele acabou se tornando a menina dos olhos de todo empreendedor. Mas quais sãos as estratégias para rentabilizar um SaaS de forma rápida?

Para não nos alongarmos em um texto gigantesco, vou resumir duas formas:

Fornecer um Saas não tão escalável, porém monetizar via Professional Service, Marketplace ou possibilitar o cliente desenvolver em cima de sua aplicação
Investir bastante em um produto que não necessita de um grande time de suporte e vendas
No primeiro caso, podemos citar a Salesforce. O grosso do público que monetiza eles é composto de grandes empresas que pagam tickets elevadissimos pela ferramenta. Mas o segredo que eles possuem está nas customizações.

A ferramenta possui um marketplace com grande variedade de aplicações, onde o cliente pode inserir novas features ou em casos especiais, desenvolver em cima da plataforma alguma funcionalidade que tenha interesse.

Empresas que trabalham com gestão e distribuição de vídeos por exemplo, vendem, por preços diferenciados, soluções customizadas dentro de suas aplicações, visando atender a expectativa do cliente e aumentar a margem do deal. É nesse ponto que o time de Outbound entra. Normalmente ele mapeia as necessidades dos seus prospects para verificar se é viável oferecer alguma solução diferenciada, seja pelo nome forte do comprador que pode lhe gerar credibilidade ou pela possibilidade de aumentar muito a margem da venda e rentabilizar a empresa em que trabalha.

O único problema é que essas receitas são extraordinárias e não recorrentes. Você consegue no máximo auferí-las duas vezes em um ano, então o seu planejamento é afetado de tal forma que você não sabe quanto vai conseguir gerar de receita no próximo mês.

Já no segundo, podemos citar o Intercom. Toda sua comunicação e produto são voltados para o usuário comprá-lo e implementá-lo sem necessitar de vendedores e desenvolvedores. É o que chamamos de Self-service. Eles conseguem vender muitas contas sem necessariamente precisar de contratar mais funcionários para suportar a operação.

Vendas em Startups funcionam em uma dinâmica diferente dos cenários conhecidos. Devido a isso, é necessário que os times de Outbound se adaptem a esse cenário de atuação onde são lançados novos produtos todos os dias e constantemente as empresas mudam de foco.

Como o maior produto que uma Startup vende é inovação, o ideal é que os times de vendas delas também passem essa imagem ao mercado, afinal, um vendedor turrão pode quebrar a expectativa de um prospect mesmo se o produto vendido for o melhor do mercado.

E sua Startup, como tem vendido?

Caso queira ajuda para estruturar o seu processo de Outbound, entre em contato com o nosso time de consultoria que teremos bastante prazer em lhe ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *