Web 3.0 para os negócios

Conforme a evolução da tecnologia a quantidade de dados e informações que circulam é muito grande, na internet a propagação destas informações cresce ao passar dos anos, surgindo uma infinidade de novos sites, imagens e vídeos.  Com a disponibilização destas informações e a grande crescente delas, o grande desafio é saber extrair o que há de relevante para o negócio e para o dia-a-dia. É nesse contexto que Web 3.0 e suas ferramentas se mostram valiosas, servindo para a melhor organização da informação.

Para entender melhor como a web 3.0 funciona, vamos falar dos seus antecessores. A Web 1.0 foi o início, onde as informações era limitadas e restritas, não tinha interação dos usuários, apenas alguns sites específicos conseguia disparar conteúdos. Já a Web 2.0 teve sua evolução, onde permitia maior interação dos usuários, todos podiam propagar conteúdos e informações, o acesso tornou mais fácil após surgir as redes sociais, os blogs e entre outros. A versão da Web 3.0 torna os mecanismos de busca mais avançados, o passo seguinte da evolução tecnológica num mundo em que as máquinas se aproximam cada vez mais do universo da inteligência artificial. Web 3.0 estreita a pesquisa e tenta dar ao o utilizador o que este realmente quer.

Usar este novo meio pode facilitar para os negócios, pois proporciona um contato direto com os clientes e ajuda na conquista de novos e qualificar os mesmos. Toda a informação adquirida deve ser concentrada em base de dados, pois os sites estão dando lugar a pequenos sistemas web, onde a interatividade aumenta o acesso se torna mais fácil.

Uma imensidão de organizações de todos os setores estão integrando padrões semânticos a seus sistemas de informação para estruturar e gerir o conhecimento disperso, criar aplicativos online com mais rapidez, colaborar de novas maneiras com outras organizações, tomar melhores decisões, reduzir custos de infraestrutura de tecnologia da informação (TI) e impulsionar o desenvolvimento e a venda de novos produtos e serviços. Mesmo que o entusiasmo quanto à web 3.0 ainda gire em torno do potencial dos serviços para consumidores – redes sociais, bancos de dados e buscadores inteligentes que interpretam os pedidos do usuário, aos poucos a atenção começará a se voltar para as inovações do setor corporativo.

Estima-se que com o uso adequado das novas interfaces e aplicações web, as corporações tenham maior chance de permanecer no mercado. É uma tarefa difícil e arriscada, mas que se torne cada vez mais inadiável. As gerações estão mudando, e assim como acontece desde que o mundo é mundo, não serão os mais fortes que irão sobreviver, e sim os que melhor se adaptarem as mudanças.

 

Referências: Linha de código, Evef

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *