Veja a importância do uso correto de palavras-chave para gerar leads

Elas estão em todos os lugares e são fator determinante para o sucesso ou insucesso de uma estratégia de marketing digital. O uso correto de palavras-chave pode ser exatamente o elemento que está faltando para a sua estratégia digital decolar.

Por vezes, uma palavra-chave mal escolhida pode travar um artigo excepcional e escondê-lo do público, gerando menos leads do que o seu potencial permite. Ao mesmo tempo, uma palavra-chave bem colocada pode impulsionar uma estratégia e converter muitos leads com pouco investimento.

Quer saber como escolher e usar uma palavra-chave para gerar mais leads? Então, continue lendo!

 

Por que o uso correto de palavras-chave é importante?

O marketing na internet funciona mais ou menos como uma corrente: um elemento se conecta ao seguinte, que se conecta ao seguinte e, assim, todos os estágios dependem do anterior para ter sucesso.

As palavras-chave estão entre os primeiros elos de uma estratégia de marketing digital. São elas que determinam o conteúdo que será produzido (seja em um blog ou em anúncios no Google AdWords). O conteúdo produzido irá atrair os visitantes certos – que serão posteriormente convertidos em leads.

Nutridos, esses leads vão se tornar oportunidades e, posteriormente, clientes. Portanto, se não houver um uso correto de palavras-chave no início dessa corrente, a empresa não conseguirá atrair os visitantes desejados e a estratégia desaba.

 

Como escolher as melhores palavras-chave?

Definindo a persona

Uma estratégia de marketing é, antes de mais nada, uma comunicação. E uma comunicação envolve três elementos: emissor, mensagem e receptor. Para o emissor saber qual mensagem enviar, nesse contexto, ele precisa conhecer o receptor, ou seja, quem vai receber a mensagem.

No nosso caso, para saber qual palavra-chave utilizar (lembrando que ela vai definir a mensagem), precisamos de uma persona, um perfil semifictício que vai descrever o cliente ideal da nossa empresa.

Quando conhecemos a persona da ação de marketing, sabemos a sua intenção e é esse conhecimento que determina qual palavra-chave utilizar.

 

Pesquisando as palavras

Agora que já sabemos a intenção da nossa persona, é hora de pesquisar as melhores palavras-chave para utilização. Algumas podem ser óbvias e devem ser anotadas logo de cara, mas algumas são mais difíceis de identificar.

Para isso, deve-se usar um software especializado em encontrá-las. O Google disponibiliza um deles, o Keyword Planner. Esse recurso permite que a empresa possa pesquisar palavras-chave referentes ao seu negócio e ainda receber sugestões de termos parecidos.

Além disso, o programa permite que possamos ver o volume de buscas para cada termo e a concorrência para cada palavra-chave. Conheça outras ferramentas úteis!

 

Escolhendo as melhores

Agora que pesquisamos palavras-chave, devemos ter uma lista enorme de termos a se utilizar numa estratégia de marketing. Como escolher as melhores entre elas? Levando em consideração dois simples elementos.

O primeiro deles é a relação entre concorrência e volume de buscas daquela palavra-chave. Alguns termos, como “hotéis Rio Grande do Sul” terá uma competição muito maior do que termos mais específicos como “hotéis em Gramado”, por exemplo, ao mesmo tempo que “hotéis com quarto com ar-condicionado e banheira” deverá ter menos concorrência ainda – mas menos buscas, também.

Assim, a empresa deve escolher as palavras-chave que tenham uma concorrência aceitável para um volume de buscas relevante.

O outro elemento é a posição dessa palavra-chave em relação à jornada de compra do consumidor. Uma pessoa faz buscas em diferentes momentos da sua jornada de compras, e o tipo de conteúdo produzido (um artigo, e-book ou anúncio) deverá ter isso em mente.

Quem busca a palavra “visitar Gramado”, por exemplo, pode procurar por relatos, dicas e roteiros de viagens, posicionando-se no começo da jornada de compra, enquanto quem busca “hotéis em Gramado” já está mais decidido e procura por um anúncio fácil e rápido de um bom lugar para ficar.

Como deu para ver, o uso correto de palavras-chave faz toda a diferença entre uma campanha de marketing digital bem-sucedida e uma estratégia que só consome recursos e não gera leads para a empresa.

 

Fonte: Orgânica Digital

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *