5 motivos excelentes para segmentar os Leads que você gera em seu negócio!

Saiba por que você deve segmentar seus Leads para adotar estratégias personalizadas de nutrição.

Você sabe o que fazer com os Leads gerados em suas campanhas de Marketing Digital?

Muitas empresas têm investido na criação de conteúdo para geração de Leads. No entanto, é recorrente a dúvida de como realizar uma estratégia adequada de nutrição e direcionar os Leads ao fundo do funil para fecharem uma compra.

A primeira ação após a geração de Leads deve ser a segmentação. Ou seja, criar filtros para identificação dos Leads. Assim, você terá uma lista dinâmica para realizar ações de marketing personalizadas.

Podem ser considerados diversos critérios na segmentação, como características (região, área de atuação, cargo) ou interesses (conversões, necessidades para o momento, tipos de materiais).

A partir de segmentações bem definidas, você terá a oportunidade de criar fluxos de nutrição mais adequados para os seus Leads, com uma linguagem própria, alcançando melhores taxas de conversão.

Veja a seguir 5 motivos para você segmentar os seus Leads antes de iniciar um fluxo de nutrição:

  1. Para dedicar esforço aos Leads certos

Com a criação de segmentações você pode identificar os Leads que apresentam o perfil do seu cliente ideal, mapeado em sua persona.

Quanto mais próximo o Lead do perfil ideal, mais assertivas serão suas ações de marketing e menor o esforço para alcançar melhores taxas de conversão.

Você poderá desenvolver conteúdos adequados para seus Leads, proporcionando uma melhor experiência, o que facilitará sua evolução no funil de vendas.

Para entender como saber o estágio de seu Lead e criar uma estratégia adequada, recomendo a leitura do artigo: Exemplos de critérios de segmentação para identificar o estágio dos seus Leads.

 

  1. Para enviar a mensagem certa à pessoa certa

Quantos e-mails você recebe diariamente? Muitos, não?!

Já observou que em muitos casos o conteúdo não tem qualquer relação com os seus interesses?

Isso acontece porque muitas empresas não segmentam seus envios de e-mails de acordo com a preferência de seus Leads.

Se você não sabe qual é o interesse de seus Lead, pergunte. Utilize os formulários de conversão (Landing Pages, pop-ups etc.) para obter informações que permitam um melhor relacionamento.

Não adianta simplesmente realizar um envio semanal de e-mail se o conteúdo não está alinhado com a necessidade do Lead.

Enviar a mensagem certa à pessoa certa, além de melhorar suas taxas de conversão, ajuda sua empresa a criar uma relação de empatia com seu Lead, com a percepção de que há a preocupação com suas reais necessidades e não somente o interesse em vender a qualquer custo.

Mantenha em sua base somente pessoas que querem receber seus materiais ou ofertas e procure entender que tipo de material é realmente relevante.

Para os Leads que não demonstram engajamento ainda há uma solução: veja como no artigo Como se relacionar com Leads desengajados sem prejudicar seu domínio.

 

  1. Para aumentar o engajamento nas campanhas de e-mail

Quanto mais segmentada for a sua base de Leads, mais chances de sucesso você terá em suas campanhas de e-mail.

Não adianta enviar o mesmo e-mail para todos os Leads. Entenda a necessidade e em qual o estágio do funil eles estão.

Imagine um Lead que baixou um material sobre o que é renda fixa. Faz sentido enviar um e-mail com uma oferta de consultoria financeira em seguida? Evidente que não. O Lead está num momento inicial, de aprendizagem, ele ainda não reconhece que tem uma necessidade.

Quando realizamos uma campanha de E-mail Marketing temos 3 desafios:

  • O Lead receber o e-mail: para isso, precisamos ter uma base higienizada;
  • O Lead abrir o e-mail: para isso, é fundamental definir assuntos que estejam de acordo com a base que foi segmentada.
  • O Lead clicar e realizar a ação esperada: o conteúdo precisa realmente atender uma necessidade e complementar a experiência inicial do Lead.

Avalie os resultados obtidos para essas métricas e se perceber que não está alcançando boas taxas, revise a estratégia.

Para entender melhor essas métricas confira o artigo: Como saber se as minhas métricas de E-mail Marketing estão boas?

Geralmente, baixas taxas de conversão estão relacionadas à falta de segmentação. Para saber como criar uma campanha segmentada, leia o post: Segmentação: como gerar melhores resultados enviando menos e-mails.

 

  1. Para surpreender seus Leads com abordagem personalizada

Gosto de usar como exemplo uma experiência que tive ao ser abordado numa loja de materiais esportivos.

Ao chegar na loja para comprar um tênis de corrida o vendedor perguntou se poderia me ajudar. Informei que sim e que estava procurando um tênis.

Ele me fez uma simples pergunta: “qual é seu tipo de pisada? ”.

Respondi que não sabia e ele fez uma nova pergunta/proposta: “quer fazer um teste e saber? ”. E afirmou: “é rápido e a partir dele posso recomendar a melhor opção para você”.

Fiquei pensando: ele poderia me apresentar os tênis mais caros da loja, mas preferiu entender minha necessidade e prestou um atendimento personalizado gerando um WOW Moment.

O que o vendedor fez foi segmentar as opções disponíveis de acordo com o meu perfil. Apresentando modelos apropriados ao meu tipo de pisada, que seriam mais confortáveis e permitiriam alcançar um melhor desempenho em meus treinos.

A criação de uma segmentação lhe permite surpreender seus Leads com conteúdo e ofertas que realmente são relevantes para eles.

Para isso, pense nas informações que você está solicitando nos materiais oferecidos. Avalie se a partir dessas informações será possível direcionar os próximos materiais e entenda o momento atual de seu Lead.

 

  1. Para gerar mais conversões ou vendas

Quando perguntamos a um cliente o que ele espera das estratégias de Inbound Marketing, a resposta geralmente é: “quero vender mais! ”.

Para que isso aconteça você precisa saber selecionar os Leads certos, com perfil de compra.

Analise quantos materiais o Lead baixou e qual é seu estágio no funil de vendas. Leads que baixaram conteúdos mais aprofundados demonstram um interesse maior na solução da empresa.

As conversões também podem ser usadas para demonstrar o avanço do Lead no funil de vendas e o interesse dele por determinado assunto.

O uso de segmentações irá ajudar no direcionamento para novas conversões (em diferentes estágios do funil), obtendo mais informações sobre os Leads, permitindo a evolução com uma estratégia de nutrição mais adequada. Isso proporcionará ao seu time condições de realizar uma venda mais consultiva.

 

Conclusão:

A segmentação de Leads irá permitir que você adote as estratégias mais adequadas para produção de conteúdo e nutrição de sua base.

Defina seus objetivos antes de segmentar seus Leads. Encontre fatores que sejam relevantes para o seu negócio e ajudem a identificar realmente quem são seus potenciais clientes.

Use sempre segmentações, principalmente, para distribuir os Leads gerados em cada estágio do funil de vendas (topo, meio e fundo).

 

Fonte: Resultados Digitais

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *